Top 5 | Os debutantes do cinema

Completar quinze anos marca a transição de fases na vida de alguém e com os filmes isso também acontece. É um passo para se tornar um verdadeiro clássico. Na coluna O Coroa é Pop dessa semana, você confere alguns deles.

Por Everaldo Lima – O Coroa Pop

O ano é 2003. Pós-copa, pós-eleições, início de década… E a comunidade Geek teve muito o que comemorar. Foram muitos filmes lançados naquele ano. Dessa nada pequena lista, elenco os cinco mais marcantes.

X-Men 2 (X2 – X-Men United) – o segundo filme da primeira trilogia dos mutantes é considerado por muitos como o melhor filme dos X-Men até hoje. Nesse longa, os dois principais grupos antagônicos de mutantes liderados por Charles Xavier e Erik Lencher, o Magneto – X-Men e a Irmandade Mutante -, precisam se unir para evitar uma grande ameaça dizime a raça portadora do gene X. Foi o primeiro filme lançado na alta temporada do verão americano e até hoje dá retorno à sua produtora, a Fox. Nesse filme, Hugh Jackman se consolidou como Wolverine.

Procurando Nemo – A história da saga do peixe-palhaço Marlin ao lado de Dory para encontrar seu filho, emocionou e emociona toda uma geração até hoje Tanto é, que a continuação, Procurando Dory, de 2016, teve mais de 50% de seu público formado por jovens adultos, ávidos em saber o desenrolar da história da nova família. Duas belas histórias sobre o valor da família, amizade, companheirismo e sobre desafiar o desconhecido, que deixa uma lição importante para todos: “Continue a nadar, continue a nadar…”

Saga Matrix: Reloaded e Revolutions – Embora muitos dos fãs do primeiro filme achassem uma continuação desnecessária – ainda mais com dois filmes seguidos no mesmo ano – Matrix Relaoded foi lançado em maio, e Matrix Revolutions, em novembro. Spin-offs e prólogos complementares em outras plataformas, como literatura, animes e games – como Animatrix e Enter the Matrix complementaram o enredo dos filmes e ajudam a entender melhor toda a filosofia bem trabalhada no primeiro Matrix. Mesmo com as críticas, a saga até hoje é centro de debates e embates em encontros Nerds.

Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra – Assim como algumas franquias continuavam e fechavam seu ciclo, outros davam início a sua jornada. Piratas do Caribe foi criado baseado na atração homônima da Disneylândia. O mote da Fantasia mesclado com ação e aventura fez do filme um inesperado sucesso. Justamente numa época que a Disney só tinha como sucessos de bilheteria os filmes da Pixar. Associado a esse conjunto, credita-se o grande sucesso a empatia do público com os personagens Jack Sparrow (Johnny Depp) e Capitão Barbosa (Geoffrey Rush). Embora muito se questione a longa sequência (5 filmes), Piratas ainda é garantia de boa audiência.

Senhor dos Anéis – O Retorno do Rei – para encerrar o ano, chegou às telonas o último filme da trilogia Senhor dos Anéis, baseada na obra literária de J.R.R. Tolkien. O Retorno do Rei é o menor livro, porém foi o contrário na adaptação.  A versão estendida em DVD e Blu-Ray chega a inacreditáveis 252 minutos de duração (mais de 4h!). Para os fãs e críticos é o melhor da trilogia, que entrega com sobras o que prometeu ao longo dos filmes anteriores. O Retorno do Rei ganhou 11 estatuetas do Oscar, incluindo Melhores Filme, Diretor, Roteiro Adaptado. Nas categorias técnicas, venceu todas as quais foi indicado. Um dos melhores no combo de Aventura/Épico/Fantasia.

Ainda há outros títulos importantes em outros gêneros que também estão debutando como: Lisbela e o Prisioneiro; Sobre Meninos e Lobos; Kill Bill Vol 1; Anjos da Noite; Hulk (a primeira versão de Ang Lee); O Exterminador do Futuro 3; Todo Poderoso; As Panteras Detonando; Escola de Rock; Lara Croft: Tomb Rider – A Origem da Vida… Resumindo, que ano arretado foi 2003!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *