Arena Games: Minecraft no desenvolvimento escolar das crianças

A Arena de Pernambuco promoveu neste domingo (30) o Arena Games, evento que foi voltado para o público geek e comemorou um ano do projeto Domingo na Arena. Um dos espaços mais visitados foi o do jogo Minecraft, que estava oferecendo várias atividades para as crianças, que também concorreram a brindes. O Professor da Microsoft e especialista em tecnologia, Leandro Holanda, falou sobre a importância do jogo na educação, ressaltando que o Minecraft pode ajudar muito no desenvolvimento de várias disciplinas na escola, além de propor um pensamento crítico para os pequenos.

“As crianças são o que chamamos hoje de nativos digitais e a tecnologia já faz parte do dia a dia delas. A gente acredita que o Minecraft pode ajudar a desenvolver o raciocínio lógico e trabalhar com a educação, propondo um pensamento crítico e releitura de construção. A criança vai ter que olhar para uma peça e construir novamente. Isso tem um impacto muito grande e pode ajudar a desenvolver várias disciplinas. A gente tem essa crença de que o game pode ajudar no engajamento dos estudantes”, afirmou o especialista, que também comentou a proposta do espaço Minecraft no Arena Games. O objetivo é apresentar uma versão específica do jogo para as escolas.

“Estamos apresentando uma versão especifica para escolas, que é o Education Edition, com alguns conteúdos culturais que eles já conhecem, podendo ser apresentados também pelos professores. Conteúdo científico, por exemplo. Esse espaço foi feito para divulgar o Education Edition”, completou Leandro.

Por fim, o Professor destacou que não há idade para começar a jogar Minecraft. No entanto, saber ler e escrever vai dar um aproveitamento melhor do game. “Não tem idade. A gente acredita que é importante pelo menos a aluno ter noção de leitura, que ajuda bastante. Mas a partir dos três ou quatro anos já pode jogar. A criança vai aproveitar melhor quando souber ler e escrever, pois vai poder usar alguns comandos. No entanto, não tem idade para usar aproveitar o game”, concluiu.

O projeto Domingo na Arena oferece atividades abertas ao público, quando não há jogos ou eventos pagos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *